Chá de Marcela: benefícios e contraindicações do chá

0
671

Chá de Marcela (Marcela) é um dos nomes populares da espécie Achyrocline satureioides, nativa do Brasil e muito popular no sul do país. É usado para preparar remédios caseiros usados ​​como tranquilizantes naturais.

Além de “acalmar os nervos”, essa pequena planta também é chamada de macela-do-campo ou camomila, que pode ajudar a reduzir e aliviar os sintomas de doenças inflamatórias, ajudar no tratamento de infecções e proteger a pele das agressões externas.

O melhor de tudo é que a erva é bem fácil de ser encontrada e possui poucas contraindicações de uso.

Benefícios da marcela para a sua saúde

Acalma de maneira natural

Uma substância considerada inibidora do sistema nervoso central (SNC) é encontrada na flor da marcela, portanto, um de seus principais benefícios é como tranquilizante natural.

Esse efeito pode ajudar a controlar a ansiedade e o estresse, pois pode reduzir a inquietação e fazer o corpo “saber” quando deve relaxar.

Devido a esse efeito no sistema nervoso central, a infusão não só induz o sono, mas também aumenta o tempo de sono da pessoa, o que indica que também pode ser usada como um tratamento natural para pacientes com insônia.

Alivia as dores

Tomar uma xícara de chá feito com a flor dessa erva é mais eficaz do que a aspirina no alívio da dor, dependendo da dosagem usada. O efeito analgésico eficaz se deve à presença de compostos chamados flavonóides, que podem tornar as flores cheias de vitalidade.

Quando consumidas na forma de infusão, essas substâncias têm a capacidade de reduzir a distorção e ajudar diretamente no alívio da dor, principalmente dor causada por cãibras, como cólicas musculares e menstruais.

Trata infecções

O chá de Marcela pode tratar eficazmente as infecções causadas por vírus, bactérias e certos tipos de fungos. Os compostos extraídos das flores podem impedir a reprodução de bactérias como Salmonella enteritidis, que pode causar infecções gastrointestinais e Staphylococcus aureus, que pode causar todas as infecções, desde pneumonia ao coração e ossos.

Em relação aos vírus, as infusões podem impedir a replicação de microorganismos chamados citomegalovírus que causam mais as causas da gripe, resfriado comum e herpes.

A planta também inibe o crescimento de Candida albicans, um fungo que causa candidíase (uma infecção vaginal).

Controla a glicemia

Aqueles com diabetes, cuja doença é causada por dificuldade de absorção ou secreção insuficiente de insulina, podem se beneficiar de outro benefício da flor Marcela: É o controle do açúcar no sangue.

Os flavonóides inibem a produção de glicosidase, uma enzima envolvida na conversão de carboidratos em glicose. Além disso, essa erva também tem o potencial de inibir duas outras enzimas: a maltase liberada do intestino delgado e a alfa-amilase pancreática, ambas ativamente envolvidas no aumento dos níveis de açúcar no sangue.

O consumo regular de infusões pode ajudar muito a estabilizar os níveis de açúcar das pessoas que lutam contra esta doença.

Protege o fígado

Os flavonóides encontrados nas flores de Marcela também fazem do chá de ervas uma excelente escolha para fortalecer o funcionamento adequado do fígado.

Esta planta ajuda a aumentar o conteúdo de glutationa, uma molécula antioxidante que protege as células do fígado da oxidação (degradação) e estimula a produção de bile, que é usada pelo corpo para quebrar a gordura Um detergente natural. Além de proteger a integridade das células, também pode prevenir alterações causadas por danos às células. Isso é muito útil para prevenir e combater o câncer de fígado.

confira: Chá de banana – Benefícios e propriedades

Combate a degeneração do cérebro

O consumo do chá Macela pode ajudar a tratar e prevenir certos tipos de doenças neurodegenerativas (essas doenças causam morte neuronal). Tem efeito antiapoptótico e pode prevenir a morte precoce dessas células.

Por ser rico em quercetina, luteolina e isolamotina, pode prevenir danos causados ​​por acidente vascular cerebral (derrame) e isquemia (os órgãos quase não têm oxigênio).

Como resultado, o risco de sofrer dessas doenças é reduzido ou as pessoas que já têm a doença se recuperam mais rapidamente. Esta erva é segura, portanto, mesmo os idosos ou pessoas em risco dessas doenças podem usá-la.

Recupera a pele

Beber chá não é bom apenas para o corpo. A mesma infusão pode ser usada para aplicação tópica, ou seja, para aliviar os sintomas de queimaduras solares na pele.

Esta erva tem o potencial de impedir que os raios ultravioleta entrem na pele e aumenta o risco de câncer, manchas e envelhecimento prematuro. Pode ser usado após a exposição ao sol para promover uma recuperação mais rápida da área e aliviar o desconforto.

Como preparar o chá de marcela?

Mulher de roupão, segurando uma xícara de chá quente. humor de outumn.

É fácil preparar o chá da Marcela. Coloque 1 colher de chá de flor de Marcela em um copo com água fervente, feche a tampa e deixe descansar por pelo menos 10 minutos para extrair todas as propriedades medicinais. Depois disso, é só coar a bebida quando estiver morna.

Cuidados e contraindicações

Marcela é considerada uma planta segura. Comer a erva na dose especificada não causará nenhum tipo de sintoma ou alteração biológica.

No entanto, diabéticos e mulheres grávidas só devem usá-lo sob a orientação de especialistas.

Além disso, não é necessário beber do que quatro xícaras de chá por dia, pois essa quantidade é suficiente para absorver todas as suas propriedades curativas.

Onde encontrar?

Pode-se constatar que esta planta cresce naturalmente em campos e beira de estradas porque não requer muitos cuidados e se espalha com facilidade, por isso é considerada uma erva daninha.

Se você não encontrar na sua região, não se preocupe, você pode comprá-lo em feiras e lojas especializadas em produtos naturais.

confira: benefícios da semente de moringa para a saúde

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui