Chá para refluxo: Veja 5 chás para tratamentos de refluxo

0
1589

Tomar chá para refluxo é uma maneira natural de aliviar os sintomas dessa condição. Os principais sintomas incluem azia (ardor), dificuldade em engolir, tosse e náuseas.

A causa mais comum da doença do refluxo gastroesofágico (DRGE) é a falha das válvulas musculares que separam os dois órgãos (esôfago e estômago). Chamado de esfíncter esofágico, é responsável por prevenir o refluxo do conteúdo do estômago e causar refluxo.

Quando a válvula não consegue desempenhar totalmente sua função, as secreções gástricas retornam ao esôfago e causam os sintomas acima. Então, o chá entra no refluxo porque acalma os órgãos do sistema gastrointestinal.

Chá de camomila, gengibre e erva-doce são alguns exemplos de bebidas que podem ajudar a combater essa condição. No entanto, também é importante saber quais alimentos comer e evitar, porque os alimentos podem aliviar e agravar os sintomas da DRGE.

Melhores chás para refluxo

Todas as bebidas usadas para tratar a doença do refluxo gastroesofágico têm propriedades gastrointestinais. Portanto, são capazes de aliviar os principais sintomas dessa condição. Confira 5 opções abaixo!

1. Chá de erva doce

refluxo

A erva-doce é considerada um dos principais remédios naturais para distúrbios estomacais, que podem amenizar os sinais de refluxo. Um dos motivos é que as plantas têm efeitos antiespasmódicos. Em outras palavras, pode evitar espasmos de certos órgãos, como estômago e intestinos.

É tão benéfico que se recomenda tomá-lo na forma de chá todos os dias antes de ir para a cama, especialmente durante o jantar. Torrada com queijo Minas podem ser um ótimo acompanhamento para esta bebida.

Mesmo para produtos naturais, existem contra-indicações ou efeitos colaterais. No entanto, na erva doce, não há registro desses pontos.

Receita

Coloque três colheres de sopa da planta em 150 ml de água e ferva. Após a fervura, desligue imediatamente o aquecedor e espere que esfrie. Três xícaras por dia são recomendadas.

2. Chá de camomila

refluxo

Outra erva muito popular com propriedades digestivas é a camomila. Por meio do chá, essa planta pode atuar como um calmante para os órgãos do trato gastrointestinal.

O chá pode ser usado para o refluxo porque relaxa os músculos que movimentam os alimentos. Além disso, também pode tratar cólicas, dores de estômago, flatulência, irritação da mucosa gastrointestinal e úlceras.

Um detalhe importante é que este chá é bom tanto para adultos como para crianças. Portanto, bebês com mais de seis meses apresentarem refluxo, eles também podem se beneficiar com essa bebida.

No entanto, pode desencadear certas reações alérgicas nos pacientes, por isso é melhor verificar primeiro. Além disso, doses maiores do que a recomendada podem ter o efeito oposto, aumentando assim a náusea, a insônia e a excitação dos nervos.

Receita

Ferva 150ml de água e adicione uma colher de sopa de flores de camomila. Tampe o recipiente e espere 5 minutos ou até a bebida ficar morna. Beba três a quatro vezes ao dia.

3. Gengibre

refluxo

Tradicionalmente, o nome científico do gengibre, Zingiber officinale, era usado para tratar sintomas de refluxo e dispepsia (famosa indigestão). Isso ocorre porque é considerado um estimulante gastrointestinal.

Portanto, esse rizoma pode ser evitado ou usado para tratar náuseas e vômitos. Mesmo mulheres grávidas e crianças podem desfrutar desses benefícios sem comprometer sua saúde.

Porém, é importante atentar para a quantidade consumida. De acordo com alguns estudos, doses de mais de 5 gramas por dia podem ter um efeito negativo na espera, aumentando sintomas como azia e desconforto abdominal.

Receita

Coloque 150ml de água e duas colheres de sopa de gengibre (em pó ou granulados) na panela. Leve a mistura para ferver. Após concluir esses procedimentos, é só esperar que esfrie antes de tomá-la. Você pode beber este chá duas a quatro vezes ao dia.

4. Espinheira Santa

De todos os benefícios da espinheira santa,a atividade gástrica é a mais citada nas pesquisas científicas. Portanto, ele produzirá chá de refluxo.

Além disso, também pode ser usado para tratar outras doenças, como gastrite. No entanto, não é recomendado para crianças menores de seis anos de idade, mulheres que amamentam e mulheres grávidas.

Receita

Use 150 ml de água quente e duas colheres de chá de folha de espinheira santa para a infusão. Espere esfriar e beba de três a quatro copos ao longo do dia.

5. Chá de boldo

Jardim com boldo verde no rio de janeiro.

A doença do refluxo gastroesofágico é uma espécie de indigestão, mas o boldo é uma planta que pode aliviar esse problema. Devido às suas propriedades estimulantes da bile, esta erva pode promover uma melhor digestão dos alimentos.

Mesmo com esse benefício, não é adequado para crianças menores de 6 anos e mulheres amamentando beber o chá. O tratamento com esta bebida não pode ser continuado por mais de quatro semanas.

Receita

Coloque duas colheres de chá de folhas de boldo em 150 ml de água quente. Tampe o recipiente e deixe esfriar. Este chá deve ser tomado duas vezes ao dia.

Confira: Remédios caseiros para refluxo gastroesofágico

Dicas para refluxo e azia

Personagem de desenho animado de vetor de azia no estômago com órgão interno engraçado com fogo. conjunto de ilustração isolado

Depois de praticar hábitos ​​ou comer alguns alimentos não saudáveis, os sintomas desses problemas são mais prováveis ​​de ocorrer.

Por exemplo, gorduras, especiarias, produtos cítricos, bebidas alcoólicas, tabaco e café podem desencadear refluxo e azia ou agravar os sintomas.

Além disso, comer demais ou ir para a cama imediatamente após uma refeição também pode ser prejudicial, especialmente para aqueles que continuam a sofrer dessas doenças.

Dessa forma, evite praticar todas essas práticas e ingira alimentos mais leves, principalmente antes de dormir. Outra dica é beber chá de refluxo para evitar isso e não espere até que os sintomas apareçam para fazer o tratamento.

Finalmente, se o método de tratamento selecionado não surtir efeito, mesmo após alguns dias de uso, é melhor encontrar um profissional de saúde para relatar a história da doença (há quanto tempo você reflui, e quais sintomas já ocorreram).

Assim, o especialista saberá como proceder e apontará o melhor tratamento a seguir.

O que faz mal para refluxo?

Verifique quais dos alimentos e bebidas a seguir prejudicam ainda mais a saúde de pacientes com refluxo gastroesofágico!

Bebidas alcoólicas e gaseificadas

O álcool irrita o interior do estômago, enquanto as bebidas gaseificadas aumentam a alta pressão dentro dos órgãos. Em ambos os casos, o refluxo aumentará.

Alimentos gordurosos e ricos em carboidratos simples

O estômago geralmente leva mais tempo para digerir a gordura de alimentos como frituras, bacon e carne vermelha. Portanto, a chance de ataques de azia aumenta.

No que diz respeito aos carboidratos, assim como os alimentos tradicionais feitos com farinha, eles podem atrapalhar o funcionamento da válvula que separa o esôfago do estômago, promovendo o refluxo.

Café e chocolate

Ambos podem causar um aumento na produção de suco gástrico e, portanto, podem aumentar as chances de queimação no estômago.

Comidas apimentadas

Além de causar irritação interna do estômago, a pimenta nos alimentos  também pode aumentar a acidez gástrica.

Chás que causam azia

Assim como há chá para refluxo, existem algumas infusões que podem causar os sintomas desse problema, assim como os chás com cafeína (como o chá verde e o chá preto). Essas bebidas são proibidas pelo mesmo motivo que o café: aumentam a produção de suco gástrico.

Além desses, a cáscara sagrada também é contra-indicado para quem sofre desse problema, pois pode causar desconforto gastrointestinal.

Outro tipo de bebida a evitar é o chá de hortelã. Embora surpreendente para algumas pessoas, a hortelã é responsável pelo agravamento dos sintomas desse problema, por isso é melhor excluí-lo do tratamento.

Como evitar?

Uma forma de prevenir o refluxo é escolher uma dieta mais balanceada. Por exemplo, use carne vermelha em vez de carne branca ou adote uma dieta vegetariana e / ou vegana.

Falando em dieta leve, para quem quer prevenir azia, queimação e enjôo, também é recomendável comer verduras, frutas e verduras da estação.

Outro bom passo para evitar a doença do refluxo gastroesofágico é consumir alimentos integrais todos os dias porque eles são ricos em fibras.

Comer a cada três horas, evitar beber água durante as refeições e descansar após as refeições são outros hábitos saudáveis.

Confira: remédios caseiros para gastrite

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui