Hipertensão – Saiba quais sintomas e como tratar

0
421

Hipertensão.Os sintomas da pressão alta são silenciosos, mas, se não forem tratados, podem causar sérios problemas de saúde, como doenças cardíacas e derrames.

A pressão alta é uma doença comum, mas é muito perigosa! Isso acontece quando você tem pressão alta.

A pressão arterial é a força pela qual o sangue empurra as paredes dos vasos sanguíneos do coração, como o coração.

Sua pressão arterial pode mudar, mas você não pode perceber os sintomas da pressão alta. Isso ocorre porque os sintomas da pressão alta são geralmente considerados sintomas de outras doenças.

Os principais sintomas de hipertensão

Quando a pressão arterial está muito alta, geralmente ocorrem dor de cabeça e pescoço, visão dupla ou irregular e zumbido.

Além disso, náusea, dificuldade em respirar e sonolência também podem ser sintomas de hipertensão.

Alguns sinais de pressão alta podem incluir dor no peito, confusão, arritmia, hemorragia nasal, fadiga ou alterações na visão.

Além desses sintomas de hipertensão, ela pode causar:

  • Ataque cardíaco;
  • Acidente vascular cerebral;
  • Insuficiência cardíaca crônica;
  • Problemas oculares;
  • Síndrome metabólica, como obesidade;
  • Problemas de memória;
  • Aneurisma: Aumento da pressão arterial pode causar seus vasos sanguíneos a enfraquecer e protuberância, formando um aneurisma.

Por isso, fique atento aos sintomas de hipertensão e procure orientação médica.

confira: Analgésicos naturais que tiram a dor

Identificando a Hipertensão Arterial

Ao medir a pressão arterial, dois números importantes devem ser considerados: eles podem medir duas pressões diferentes.

O número mais alto é a pressão arterial sistólica, que é a pressão arterial quando o coração bate quando bate.

O número mais baixo é a pressão arterial diastólica, que é a pressão arterial quando o coração está em repouso entre duas batidas.

Os intervalos de pressão sanguínea incluem:

– Normal: Menos de 120/80

– Pré-hipertensão: 120-139 / 80-89

– Estágio 1 pressão arterial elevada: 140-159 / 90-99

– Estágio 2 pressão arterial elevada: 160 e acima / 100 e acima

Causas da hipertensão arterial

A pressão alta nunca é uma pessoa, então você não deve esperar pelos sintomas da pressão alta, afinal ela é sempre acompanhada por uma série de fatores de risco. A boa notícia é que a maioria das causas da hipertensão pode ser controlada.

>> Idade: o risco de hipertensão arterial aumenta com a idade avançada. É mais comum nos homens com a idade de 45 e as mulheres são mais propensas a desenvolver após os 65 anos.

>> Antecedentes familiares: pode ser um fator hereditário.

>> Excesso de peso: quanto maior o seu peso corporal, mais sangue você precisa para fornecer oxigênio e nutrientes para os tecidos. À medida que o volume de sangue circula através dos vasos sanguíneos, aumenta a pressão nas paredes das artérias e na pressão arterial.

>> Sedentarismo: o sedentarismo pode influenciar na hipertensão. Quanto maior o seu ritmo cardíaco, mais difícil seu coração deve trabalhar com cada contração e mais forte é a força em suas artérias. A falta de atividade física também aumenta o risco de excesso de peso; virando uma bola de nele perigosa para a saúde. 

>> Tabagismo: seja fumando ou mastigando tabaco, ambos imediatamente aumentam a pressão arterial temporariamente.

>> Excesso de álcool: ao longo do tempo, ingerir muito álcool pode danificar o coração. Tomar mais de duas bebidas por dia para os homens e mais de uma bebida por dia para as mulheres pode afetar a pressão arterial negativamente.

Como evitar os sintomas de hipertensão?

A melhor maneira de evitar sintomas de pressão alta é se tratar! Em alguns casos, o tratamento consiste em medicações diárias prescritas por médicos profissionais. No entanto, outros métodos podem tratar a hipertensão

  1. Alimentação

Alimentos ricos em fibras, como vegetais, frutas e sementes, são preferidos e devem ser a base de qualquer dieta saudável.

Escolha alimentos ricos em potássio, porque o potássio neutraliza o efeito do sódio e ajuda a baixar a pressão sanguínea, incluindo alimentos como melão, abacate e banana.

Comer alimentos ricos em ômega-3 e comer alimentos ricos em ômega-3 pode ajudar a reduzir a inflamação.

Se ficar difícil ficar sem doces, escolha chocolate escuro, que contém pelo menos 200 mg de fenol de cacau, o que pode diminuir a pressão arterial.

Além de usar esses alimentos como uma dieta real, você também deve evitar outros alimentos, como açúcar, cafeína e álcool, porque ingerir esses alimentos e bebidas aumentará a pressão sanguínea.

Além disso, preste atenção ao teor de sódio. Excesso de sal aumentará a pressão sanguínea, portanto, limite sua ingestão diária a não mais que 1500-2000 mg.

Finalmente, evite gorduras trans e gorduras ômega-6 em alimentos processados, o que pode aumentar a inflamação e a pressão sanguínea.

  1. Estilo de vida

Menos estresse, melhor sono e mais tempo livre podem ajudar a baixar a pressão arterial. Além disso, o exercício também é muito importante.

Caminhar pelo menos 30 minutos por dia e outros exercícios (como o Pilates ajuda a equilibrar o corpo todo) podem ser úteis.

Procure ter uma vida mais saudável.

Essas dicas podem ser úteis, mas não excluem a necessidade de orientação médica e emergencial.

 

confira:Como sei se minha circulação sanguínea está ruim? -Sinais e sintomas

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui