Por que tenho espinhas no couro cabeludo?

0
370

Para algumas pessoas, isso pode parecer estranho, mas também podem aparecer espinhas no couro cabeludo. Na verdade, esse tecido é basicamente pele coberta de pelos, portanto, as pessoas que têm excesso de oleosidade, sebo e suor nessa área costumam ter acne. Eles ainda podem estar associados a outras patologias, como dermatite seborréica (caspa).

No entanto, essas espinhas geralmente aparecem em pessoas que têm acne, como no rosto ou nas costas. Esse processo geralmente é conduzido por outros fatores que contribuem para sua aparência, como:

  • Uso de condicionadores, leave-in ou finalizadores no couro cabeludo
  • Alterações hormonais ou nas glândulas sebáceas
  • Má higienização
  • Excesso de resíduos de produtos que não são apropriadamente retirados nas lavagens.

Caspa no cabelo e couro cabeludo causando germes e bolhas ou espinhas na cabeça.

Esta acne capilar geralmente cobre todo o comprimento do couro cabeludo, mas dependendo da situação, pode cobrir apenas algumas áreas. Sua formação se deve ao fato de os folículos capilares que compõem o cabelo serem bloqueados por oleosidade e células mortas causadas por um ou mais dos fatores mencionados.

Vale ressaltar que é nos folículos capilares que nascem os novos fios que, quando bloqueados, costumam inflamar, o que pode causar acne e até mesmo prejudicar ou impedir o crescimento saudável dos fios.
Além disso, é importante acrescentar que o estresse é outro aspecto que estimula e desencadeia seu aparecimento. E, nas atuais circunstâncias, é importante notar que essa situação se tornou muito mais comum em uma pandemia.

Outro ponto importante é que além de irritantes espinhas no couro cabeludo, é difícil pentear esses fios, pois geralmente saem da área dolorida, o que também pode acontecer com a acne facial.

A princípio, eles não foram considerados sérios. No entanto, eles não são sinônimos de couro cabeludo saudável e requerem tratamento por médicos especialistas. Se não tratada, essas espinhas podem causar e agravar a aparência de perda de cabelo, bem como coceira, inflamação e até feridas.

Um problema importante e recomendado para todas as pessoas (sejam capilares ou rosto) com acne é que elas não devem ser cutucadas ou apertadas. Isso pode levar a lesões e processos inflamatórios mais profundos e até doenças infecciosas, que se tornam fatores exacerbados e mais sérios.

confira: Crescimento do Cabelo!Conheça a Fórmula Incrível

Como tratar as espinhas no couro cabeludo

Além de xampus e condicionadores para essas condições, existem produtos tópicos e medicamentos prescritos para cada condição e estágio da acne capilar, que ajudam a controlar a oleosidade do couro cabeludo e a atingir o equilíbrio necessário.

Podem ser necessários antibióticos para uso tópico ou oral, que só podem ser prescritos por um médico. Para aqueles que já sofrem deste problema, recomenda-se consultar três médicos.

Para prevenir ou evitar a acne capilar, recomenda-se tomar medidas regulares de higiene, ou seja, não passar mais de dois dias para se limpar, principalmente aqueles com cabelos oleosos. Ao lavar o cabelo, tome cuidado para não esfregar o couro cabeludo ou as unhas com muita força, pois isso estimulará a produção de mais óleo e causará danos.

Portanto, o método ideal é massagear suavemente o couro cabeludo através de movimentos circulares para ativar a circulação sanguínea. Também é importante usar produtos adequados ao seu tipo de cabelo e nunca aplicar condicionador no couro.

Por fim, enxágue para remover quaisquer vestígios do produto. Se o problema persistir ou se tornar um problema recorrente (ocorrendo com frequência), mesmo após a tomada de medidas preventivas, procure a orientação de um tricologista.

confira: Remédios caseiros para o cabelo crescer rápido

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui