Síndrome da Boca Ardente – O que é, Causas e Tratamentos

0
394

Síndrome da Boca Ardente – O que é, Causas e Tratamentos. Boca ardente é uma situação que muitos de nós encontramos em determinados momentos de nossas vidas.

Essa situação não foi bem compreendida, porque, sem motivo, acabamos com uma sensação de queimação na boca, língua, lábios, bochechas e até no topo da boca.

As estatísticas mostram que cerca de 15% das pessoas em todo o mundo sofrem com esse problema. No entanto, a razão de sua ocorrência continua a ser vista.

A sensação de queimação na boca começa lentamente, como se você tivesse acabado de beber uma xícara de café ou chá quente.

Pode durar um dia inteiro, fazendo as pessoas sentirem dor intensa e contínua, e também pode nos impedir de dormir uma noite tranquila.

A sensação de queimação pode causar dor, desconforto grave e ocorrer com uma certa frequência.

As mulheres são as mulheres mais visadas (sete vezes mais que os homens), especialmente aquelas que entraram na menopausa.

Alterações hormonais podem causar certas reações adversas, que podem ser a fonte desse problema de saúde.

Porque temos a boca ardente?

A síndrome de Mouthburn é uma doença difícil de diagnosticar e, portanto, difícil de tratar, porque é considerada uma doença rara.

Algumas pessoas (todos os dias) experimentam essa situação com uma certa frequência (todos os dias), enquanto outras apenas ocasionalmente experimentam essa situação.

Essa condição também pode ser resultado de outros problemas de saúde, como ansiedade ou depressão.

Essa condição de saúde também pode causar outros problemas, como dores de cabeça, dor crônica, deficiência de vitamina B, certos minerais (como zinco e ferro) e níveis elevados de açúcar no sangue.

Pesquisas científicas mostram que esse tipo de desempenho também pode estar relacionado a certos distúrbios neurológicos que afetam o paladar e / ou o paladar.

Síndrome da Boca Ardente

Quais são os Sintomas?

Os sintomas são realmente muito irritantes, incluindo ardor, queimação, secura, gosto metálico e / ou amargo na boca.

A gravidade dos sintomas é variável, portanto nem todos sentem a mesma intensidade ou os mesmos sintomas. Esses sintomas variam de pessoa para pessoa e podem durar horas ou dias.

Eles podem começar de repente, desaparecer lentamente, desaparecer e reaparecer após alguns meses. Algumas pessoas sentem grande alívio depois de beber e beber água, enquanto outras sentem dor o dia inteiro e são incapazes de comer.

Diferentes tipos da Síndrome da Boca Ardente

Esta doença pode ser classificada com base nos sintomas que provoca:

Tipo 1: A pessoa acordou sem nenhum sintoma, mas esses sintomas apareceram gradualmente ao longo do dia. Pessoas com diabetes podem sofrer desta doença.

Tipo 2: Os sintomas persistem ao longo do dia, dor intensa e persistente, mas desaparecem à noite. Essa situação geralmente ocorre quando um indivíduo tem transtorno de ansiedade crônica.

Tipo 3: Os sintomas aparecem e desaparecem de forma intermitente e podem estar diretamente relacionados a certas alergias alimentares.

A Síndrome da Boca ardente também pode ser classificada com base nas suas causas:

Primária:Quando não tem nada a ver com provar a causa específica da doença;

Secundária:Quando a doença está relacionada ao problema de saúde que causou a doença.

Causas principais

Existem várias condições que podem provocar o surgimento da boca ardente, tais como:

  • Ansiedade;
  • Alergias;
  • Alterações hormonais;
  • Secura na cavidade bocal;
  • Refluxo gastro-ensofágico;
  • Deficiência de minerais e vitaminas;
  • Diabetes;
  • Iterações medicamentosas;

Devido a alterações hormonais após a menopausa, esse problema geralmente afeta mulheres com mais de 50 anos. Isto é devido à falta de estrogênio em mulheres mais velhas nesta fase.

veja também: Alho, veja 5 benefícios comprovados para a saúde e como usar

Diagnóstico

Para fazer um diagnóstico adequado, você deve primeiro descartar as causas e / ou condições subjacentes ou outras patologias que podem causar esses sintomas.

Para determinar e poder analisar bem os sintomas, o médico pode querer conhecer o histórico médico do paciente e os medicamentos atualmente em uso.

O médico também pode precisar de alguns testes de diagnóstico, como:

  • Análise da saliva através da utilização de cotonetes;
  • Biópsia – análise tecidual;
  • Análises clínicas ao sangue;
  • Teste de alergias;
  • Teste de imagem – imagiologia;

Tratamento da Síndrome da Boca Ardente

 

Para se adaptar ao melhor tratamento, isso dependerá do tipo de problema encontrado pelo indivíduo e da existência de outras patologias relevantes.

Tratamento do tipo Primário

Se for o tipo principal, será difícil tratar porque não apresenta sintomas conhecidos.

Porém, há sempre algumas medidas úteis que podem reduzir as dores intensas e os sintomas:

  • Evitar o consumo de alimentos ácidos ou muito picantes;
  • Evitar o consumo de certos alimentos conhecidos como provocadores deste tipo de sintomas;
  • Evitar o uso de elixires bucais à base de álcool;
  • Reduzir o estresse;
  • Fazer exercício regularmente;
  • Mastigar pedaços de gelo, pode ajudar a aliviar a dor;
  • Reduzir o consumo de álcool;
  • Ingerir líquidos frios;
  • Deixar de fumar;
  • Fazer uma dieta balanceada;
  • Saber quais as possíveis interações medicamentosas, que possam estimular ou provocar os sintomas e a dor.

Tratamento do tipo Secundário

Por outro lado, quando é uma doença secundária, geralmente, se a causa raiz for tratada adequadamente, a sensação de queimação desaparecerá.

Se é um sintoma que causa refluxo gastroesofágico, o médico pode prescrever alguns antiácidos ou apenas impedir a formação de ácidos e fazer algumas alterações nos níveis alimentares.

Por outro lado, se você tiver uma infecção oral, seu médico poderá prescrever antibióticos e, em alguns casos, analgésicos.

Após o devido tratamento é bem possível que este problema fique resolvida em definitivo.

Se a boca estiver seca, o médico poderá recomendar o uso de um complexo vitamínico ou a injeção de vitaminas, enxaguatório bucal ou chiclete sem açúcar para ajudar a produzir mais saliva.

É muito importante fazer um diagnóstico oportuno para que os sintomas possam ser tratados de maneira mais rápida e adequada, minimizando os sintomas irritantes.

Conclusão

Portanto, podemos concluir que a síndrome da queimação oral é uma condição de saúde que causa desconforto, queimação, queimação e dor intensa em várias partes da boca (incluindo lábios, bochechas e parte superior da boca).

Esse problema pode durar de algumas horas a alguns dias ou parar repentinamente e reaparecer após alguns meses. Em alguns casos (este é um caso raro), se a causa raiz for conhecida, poderá ser fornecido tratamento.

Evite comer alimentos ácidos e / ou picantes que possam agravar os sintomas da doença.

Essa situação não causa grandes problemas, mas é sempre necessário consultar um profissional de saúde para descobrir se os sintomas são realmente causados ​​pela síndrome de burnout ou por outros problemas mais graves.

confira; remédio caseiro para gastrite

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui