Veja como acabar com a retenção de líquido e desinchar

0
2728

A retenção de líquido corporais é comum em mulheres e pode causar inchaço do abdômen e celulite, mas também pode ser mais grave e causar inchaço das pernas e pés. Alterações hormonais, falta de atividade física, sal e excesso de produtos industriais são as causas mais comuns.

O tratamento contra o excesso de líquidos pode ser feito naturalmente bebendo mais água. Chá diurético e exercícios podem ser suficientes, mas quando a retenção for severa ou causada por rins ou doenças cardíacas, pode ser necessário tomar o medicamento prescrito pelo médico.

O acúmulo de líquidos no corpo pode causar inchaço, que pode ser facilmente percebido pelo aumento do volume do abdômen, inchaço da face, principalmente das pernas, tornozelos e pés. Mantenha o polegar próximo ao tornozelo por 30 segundos e, em seguida, verifique se a área está marcada. Essa é uma maneira fácil de encontrar o líquido facilmente. Marcas de meias na cintura ou marcas de roupas justas também podem ser usadas como parâmetro para avaliar se há água estagnada.

Alguns dos principais métodos para acabar com a retenção de líquidos e desinchar incluem:

1. Tomar chás diuréticos

O chá diurético é um excelente suplemento para perda rápida de peso. A melhor escolha é:

  • Cavalinha
  • Hibisco
  • Canela com gengibre
  • Chá-Verde
  • Ginkgo biloba
  • Salsinha
  • Centelha asiática
  • Castanha da índia

Qualquer chá tem efeito diurético porque, fundamentalmente, quanto mais água uma pessoa bebe, mais urina ela produz. A urina estará cheia de toxinas e retirará o excesso de líquido do corpo. No entanto, certas plantas aumentam os efeitos diuréticos do chá verde, cavalinha, hibisco, gengibre e salsa.

2. Fazer exercício físico

O exercício também é um método natural rápido e eficaz de excreção do corpo e ajuda a perder peso. A contração de grandes grupos musculares (como braços, pernas e quadris) força o excesso de fluido a ser drenado pela urina. Portanto, após 1 hora de exercícios, você costuma sentir vontade de urinar.

Por exemplo, você pode fazer alguns exercícios, como caminhada rápida, corrida, andar de bicicleta com uma marcha pesada para aumentar a fadiga nas pernas e pular corda. O exercício parcial não é tão benéfico quanto estes, mas, por exemplo, após cerca de 20 minutos de exercício aeróbico, o exercício local pode ser selecionado.

3. Cuidados diários

Medidas preventivas importantes para eliminar o acúmulo de fluido incluem:

  • Beba cerca de 2 litros de água ou chá, como chá de cavalinha por exemplo.
  • Substituir o sal para preparar ou temperar os alimentos por ervas aromáticas, como salsinha ou orégano, por exemplo. Diminuir a quantidade de sal por dia também é fundamental.
  • Aumentar o consumo de alimentos diuréticos, como melancia, pepino ou tomate.
  • Evitar os alimentos  enlatados, embutidos ou outros que tenham muito sal.
  • Evite ficar em pé, sentado ou de pernas cruzadas por longos períodos de tempo.
  • Coma alimentos ricos em água, como rabanetes, nabo, brócolis, melancias, morangos, melões, abacaxis, maçãs ou cenouras.
  • Faça a drenagem linfática, que é um método especial de massagem que pode reduzir o excesso de fluidos no corpo.
  • Coma alimentos como folhas de beterraba cozidas, abacate, iogurte desnatado, suco de laranja ou banana, porque são alimentos ricos em potássio que ajudam a reduzir o teor de sal do corpo.
  • Colocar as pernas para o alto no final do dia.

Esprema 1 limão em 1 litro de água e beba durante o dia todo sem açúcar. Essa também é uma excelente estratégia para desinchar rapidamente, pois pode reduzir rapidamente o volume abdominal.

Veja também: Aloe vera, ajuda na limpeza do cólon intestinal

4. Fazer drenagem linfática

A drenagem linfática é uma boa forma de eliminar o excesso de fluidos do corpo, podendo ser operada manualmente como uma massagem suave com movimentos óbvios para atingir o efeito desejado, mas também pode ser utilizada como um dispositivo eletrônico para a drenagem linfática mecânica. Para terapia de compressão.

Esses tratamentos podem ser realizados em clínicas especializadas em estética, de 3 a 5 vezes por semana, dependendo da necessidade de cada pessoa. Cada curso de tratamento dura cerca de 45 a 60 minutos, após os quais a pessoa deve sentir imediatamente a necessidade de urinar, o que mostra que o tratamento tem o efeito esperado. A drenagem linfática é um bom complemento para o anticelulite, por exemplo, pode ser utilizada após o tratamento por radiofrequência e ponto de gordura.

5. Tomar remédios diuréticos

Na terapia de retenção, diuréticos, como furosemida, hidroclorotiazida ou aldosterona, também podem ser usados ​​e só devem ser usados ​​quando prescritos por um médico. Isso é importante porque, dependendo do motivo da retenção, diferentes tipos de diuréticos são mais ou menos marcados. Alguns são para o coração e só podem ser usados ​​por pessoas com problemas cardíacos.

Como lidar com a retenção de líquidos na gravidez

Devido às alterações hormonais nesta fase, o inchaço durante a gravidez é normal. Pode ocorrer em qualquer fase, mas ocorre principalmente  no final do terceiro trimestre da gravidez. Isto porque as mulheres se sentem mais cansadas e sem vontade de caminhar ou fazer exercício.

O que fazer:Usar meias elásticas nas pernas e pés é uma excelente estratégia, mas deve ser usado antes de sair da cama. As mulheres grávidas também devem reduzir a ingestão de produtos industriais ricos em sal e sódio e beber muita água e chá aprovado pelo obstetra, que também pode combater infecções do trato urinário comuns entre mulheres grávidas. Caminhe de 30 minutos a 1 hora por dia e faça exercícios regularmente.

Causas da retenção de líquidos

As razões para a retenção de água podem ser:

  • Dieta rica em sal e sódio.
  • Pouca ingestão de água ou líquidos, como chás.
  • Gravidez.
  • Ficar muito tempo parado na mesma posição, sentado ou de pé.
  • Problemas cardíacos, como insuficiência cardíaca ou cardiomiopatia.
  • Uso de certos medicamentos, como pílula anticoncepcional, medicamentos para o coração ou pressão.
  • Falta de atividade física.
  • Doença renal.
  • Cirrose hepática.
  • Alterações no funcionamento da tireoide.

Confira: Barriga inchada? Conheça os melhores sucos para desinchar a barriga

A retenção de água ocorre quando o sangue atinge as pernas, mas é difícil retornar ao coração. Como resultado, uma grande quantidade de fluido flui do sangue para a substância intercelular, o espaço entre as células, resultando em edema.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui